0

Inscrições Do Enem Grátis

Neste artigo será possível com que você tenha acesso as melhores e principais informações, que estão relacionadas e que também compõe esse assunto no geral: o Enem e as suas inscrições.

Onde aqui, você poderá encontrar todo tipo de informação, desde o que é o Enem , até como que as inscrições do mesmo funcionam, tudo da melhor forma possível. Para que você possa encontrar a resposta para suas dúvidas.

Pode ser importante com que você saiba, que existem uma grande quantidade de pessoas, que apresentam dúvidas que estão relacionadas com esse assunto, tão falado pelos estudantes de cada uma das regiões do Brasil.

Portanto, caso você seja essa mesma pessoa que além de apresentar dúvidas e querer encontrar a resposta correta para elas, também apresenta interesse em conhecer e entender melhor o assunto, saiba que você está no lugar certo.

Como o Enem surgiu?

Bem, o Enem foi incialmente criado pelo Ministério da Educação (ou o também chamado e conhecido como MEC) no ano de 1998.

Onde na época o principal objetivo do mesmo, era realizar uma espécie de avaliação nos alunos que haviam terminado o ensino médio, em relação aos domínios de conhecimento sobre o que foi estudado no ensino básico e principalmente no final do ensino médio.

E desde o ano em que aconteceu a sua primeira aplicação e atuação no Brasil, o Enem vem recebendo um grande número de inscrições, onde na primeira foram inscritas cerca de 157 mil pessoas.

Até o ano de 2002, a prova do Enem era aplicada apenas em um domingo, onde os participantes deveriam responder em torno de 63 questões e também elaborar e escrever uma redação.

A partir de 2009, o Enem realizava a sua aplicação em um final de semana, sendo assim tanto no sábado, quanto no domingo, com 180 questões no total e mais uma redação.

Mas desde o ano de 2017, a avaliação do Enem é aplicada em dois domingos, mas o que não mudou muito foi que em relação ao total de questões, continua o mesmo sendo 180 e também mais a escrita de uma redação.

O que é o Enem?

Bom, uma coisa que vale muito a pena estar lembrando é que Enem é apenas uma sigla, usada para abreviar as palavras Exame Nacional do Ensino Médio.

O mesmo pode ser conhecido como a maior prova e mais conhecida de todo o país, sendo aplicada na grande maioria dos estados que compõem o Brasil.

A sua aplicação acontece a cada ano, para cerca de cinco milhões de estudantes que acabaram ou que ainda estão cursando o Ensino Médio, ou seja está ou acabou a última etapa do Ensino Básico do Brasil.

Como foi dito no parágrafo a cima, a prova do Enem é realizada em dois domingos consecutivos, da mesma forma que aconteceu no ano de 2017.

Nos dias atuais, o Enem é uma das principais formas de se ingressar no ensino superior, ou seja em faculdades e também em universidades.

Sem contar com o fato de que, ele também realiza a avaliação do desempenho e também da qualidade que o ensino do Brasil apresenta e oferece para os alunos. Fazendo assim com que o mesmo seja uma ferramenta que oferece uma espécie de auxilio na medida e no calculo que feito nos estudantes.

Para que assim, caso seja necessário, possa ser implantado certas ideias e serviços políticos que são considerados públicos, na área da educação em todo o Brasil.

Uma informação que vale a pena se lembrar, é que usando a nota que você obter no Enem é possível com que você tenha acesso e assim ingresse no ensino superior, para que assim, você possa seguir a carreira de seus sonhos.

Como é a prova do Enem?

Como foi dito antes, a prova do Enem acontece e é aplicada em dois domingos consecutivos, onde é pautado os conhecimentos e também as habilidades que o aluno apresenta.

Onde uma das principais coisas, que caracterizam as provas do Enem, é que as mesmas apresentam transdisciplinaridade em suas questões, ou seja, isso quer dizer que a mesma mescla as perguntas, que apresentam assuntos e também conteúdo variados e diferentes, de disciplinas que foram estudadas ao longo do ensino médio pelos participantes que realizam as provas.

A principal proposta que o Enem apresenta, é basicamente avaliar o estudante pela sua linha de raciocínio, pela forma em que ele interpreta as questões e também se o mesmo apresenta domínio de conhecimento que foi ensinado no ensino médio e também ao longo da educação básica.

Se forem juntadas todas as questões da prova, os estudantes devem realizar e responder o total de 180 questões, que são de múltipla escolha, onde em cada uma delas, é possível se observar cinco alternativas, onde apenas uma das mesmas é verdadeira.

Uma coisa, que é importante com que você tenha conhecimento, é que essas mesmas questões são dívidas em áreas de conhecimento.

Primeiro domingo de prova:

No primeiro domingo, os estudantes devem responder o total de 45 questões, das seguintes áreas:

  • Ciências Humanas e suas Tecnologias: envolve questões de história, geografia, filosofia e também sociologia;
  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias: que envolve perguntas de Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira, Artes, Educação Física e Tecnologias da Informação e Comunicação.

Na parte da língua estrangeira, são no total de 5 questões que podem abordar tanto o inglês, como o espanhol, onde o aluno pode escolher qual das duas ele prefere no momento em que a sua inscrição é feita.

Na prova de Língua Portuguesa também é cobrado uma redação que seja dissertativo- argumentativa, que deverá falar sobre algum tema de ordem social, cientifico, cultural ou até mesmo político, que deve ser escrita em no máximo de 30 linhas.

Para que você possa saber qual o tema da redação, é necessário com que você acesse o site oficial do Enem, pois lá será além de possível encontrar o tema, também poderá ter encontrado mais algumas informações sobre a data de aplicação e também sobre o que é possível se fazer usando a nota que for obtida.

Ou seja, pode ser de extrema importância com que você acesse o mesmo.

Segundo domingo de aplicação:

No segundo domingo, é aplicado as outras 45 questões que faltavam, que abordam temas que estão relacionados com as seguintes áreas:

  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias: envolve as seguintes matérias: química, física e também biologia;
  • Matemática e suas Tecnologias: as questões de matemática, estão envolvidas com todo tipo e assunto que é visto em matemática no ensino médio.

Já em relação ao tempo que cada um dos dias apresentam e disponibilizam para que a realização da prova, possa ser feito, no primeiro é dado cinco horas e vinte minutos, e no segundo cinco horas.

Onde o motivo, para que o primeiro seja um maior tempo, é o fato de que no primeiro domingo de aplicação, além das 45 questões, também é necessário realizar a escrita de uma redação.

Como realizar as inscrições?

Bem, para que você possa se inscrever no Enem, será necessário com que você siga o passo a passo a seguir:

-Passo 1: acesse o site oficial do Enem e clique na opção “inscrever- se”;

-Passo 2: insira algumas de suas informações pessoais, como por exemplo: data de nascimento e também o seu CPF;

-Passo 3: realize o preenchimento do formulário, inserindo algumas de suas informações pessoais, de prova, do ensino médio e também os dados socioeconômicos que foram solicitados pela página oficial;

-Passo 4: finalize a sua inscrição e realize o pagamento do boleto, dentro do prazo que o mesmo apresenta e que pode ser encontrado nele mesmo;

Após realizar e seguir de forma correta esse passo a passo, você terá feito a sua inscrição para realizar a prova do Enem.

É possível realizar a inscrição para o Enem de forma gratuita?

Sim, é possível você conseguir não pagar a taxa de inscrição, que é cobrada pelo Enem, para realizar a sua inscrição. De uma forma geral, aquelas pessoas que não apresentam uma boa condição financeira e aquelas pessoas que estudaram ou estudam em escolas públicas, conseguem a isenção, ao realizar o pagamento da taxa de inscrição do Enem.

A seguir, será possível com que você veja quais são as pessoas que tem acesso a essa mesma isenção, veja só:

  • Os estudantes que estão realizando o terceiro ano do ensino médio em alguma instituição de ensino considerada pública.
  • Alunos que estão matriculados em escolas públicas ou as pessoas que são bolsistas de forma integral das escolas particulares que comprovem que a renda mensal familiar seja de até 1,5 salário mínimo por pessoa da família.
  • Pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade socioeconômica, que apresentem NIS (Número de Identificação Social) e que declarem que a sua renda familiar mensal seja de até três salários mínimos ou que a mesma seja, por pessoa de até meio salário mínimo.
  • Pessoas que tenham participado do ENCCEJA e que também tenha conseguido a certificação do ensino médio.

Caso você se encontre em alguma das situações que foram citadas a cima, saiba que você pode sim conseguir a isenção da taxa que é cobrada pelo Enem por inscrição.

Caso contrário, se você deseja realizar a prova no ano de 2021, você deverá pagar em torno de R$89, isso pelo simples fato de que a cada ano, essa mesma taxa apresenta um aumento de R$2, ou seja, no ano de 2020, a mesma era de R$87.

Uma informação que vale a pena ressaltar e lembrar, é que a solicitação da isenção da taxa de inscrição do Enem, sempre acontece no mês de abril, antes mesmo que as inscrições sejam abertas. Portanto, pode ser importante com que você fique atento ao calendário, já que solicitar a isenção quando as inscrições já estiverem abertas, não é uma coisa que seja possível de se fazer.

Por que fazer a prova do Enem?

Uma pergunta é muito feita, é por que realizar a prova do Enem e a resposta para a mesma, é muito simples. O principal motivo de se realizar a prova do Enem ser muito bom, é que é por meio do Enem que os estudantes podem ter acesso a estudar e também a participar dos programas de ensino que foram criados pelo Governo Federal do Brasil.

Onde alguns dos principais programas, que os alunos que realizam o Enem podem ter acesso, são os seguintes:

  • Pro Uni (Programa Universidade para Todos): que realiza a oferta de bolsas de estudos, tanto integrais, quanto parciais para instituições de ensino que são particulares.
  • FIES (Fundo de Financiamento Estudantil): que disponibiliza a opção de realizar financiamento sem juros ou com juros considerados extremamente baixos, para aquelas faculdades ou universidades que são consideradas particulares.
  • SiSU (Sistema de Seleção Unificada): que realiza o oferecimento de uma grande quantidade de vagas em instituições de ensino que são públicas e que podem ser encontradas no ensino superior, ou seja vagas em faculdades e também universidades públicas.

A cima, foram mostradas algumas opções que podem ser feitas usando a nota obtida no Enem e que também estão relacionadas com certas instituições de ensino, tanto públicas, quanto particulares de todo o Brasil.

Mas a seguir, será possível com que você veja algumas opções que podem ser feitas de forma livre, usando principalmente a nota que foi obtida ao realizar a prova do Enem, portanto veja a seguir:

  • Complementar o vestibular que você fez;
  • Ao invés de realizar o vestibular, realizar o Enem;

Quem são as pessoas que podem se inscrever no Enem?

As pessoas que podem se inscrever no Enem, são principalmente aquelas que já terminaram ou que estão realizando o ultimo ano do ensino básico, ou seja que está ou terminou o terceiro ano do ensino médio.

No caso dos estudantes que estão no 1º e no 2º ano do ensino médio, podem participar também, mas a única coisa que irá mudar é que a prova aplicada será apenas um treino, ou seja, os mesmos não poderão usar a nota que for obtida para ter acesso e assim ingressar no ensino superior.

Os alunos que são de supletivos e aqueles que foram aprovados no  Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (ou também conhecido como ENCCJA) também podem participar do Enem.

Colunista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *